Starfield é um pouco enigmático. O jogo é conhecido apenas pelo seu teaser, ao lado de um fluxo de informações aqui e ali de entrevistas ocasionais. O que sabemos é que Starfield é um RPG de ficção científica para um jogador, construído em uma nova versão do Creation Engine da Bethesda, anteriormente usado nos jogos Fallout e The Elder Scrolls. Uma das maiores questões do jogo continua sendo o estado de sua exclusividade, visto que a Microsoft adquiriu Bethesda no início deste ano.

Na verdade, a Microsoft tem sido bastante tímida quanto a confirmar fortemente essa exclusividade esperada. Suponho que o maior impacto que o anúncio poderia ter é bem no final do trailer de Starfield, depois que (espero) uma jogabilidade seriamente explosiva. Em qualquer caso, podemos ter obtido uma confirmação mais definitiva hoje do repórter da indústria Jeff Grubb da VentureBeat, que esclareceu que ele confirmou que, de fato, o plano é que Starfield seja exclusivo para Xbox e PC.

Se Starfield é de facto exclusivo para Xbox e PC, isso adiciona a credibilidade à ideia de que praticamente todos os jogos da Bethesda serão exclusivos para Xbox e PC, incluindo Fallout, DOOM, Dishonored e assim por diante. A Microsoft sinalizou que honraria os contratos anteriores, ou seja, com o próximo Deathloop exclusivo para PS5, ao mesmo tempo que oferece suporte a jogos já lançados como Fallout 76 e The Elder Scrolls Online. Depois disso, porém, parece que tudo pode ser um jogo justo.

Back To Top